fbpx

A quem pertencem nossas escolhas?

Enquanto pensava em como começar o artigo que aqui compartilho com vocês, importava do cartão de memória umas fotos que tirei no aplicativo de edição de fotos, para enviar aos fotografados. Também refletia sobre o conteúdo do artigo, ao mesmo tempo que a arte da fotografia e edição tiravam meu foco aos poucos.

Muita literatura existe sobre a  impossibilidade de realizar multitarefas e, pior ainda, de obter multifoco. (Acredite, não é possível focar em mais de uma coisa ao mesmo tempo. Se você fizer, perderá muitos minutos tentando voltar seu foco à atividade anterior.)

Greg McKeown, autor do maravilhoso best-seller do The New York Times, Essencialismo, explica “só quando nos permitimos parar de tentar fazer tudo e deixar de dizer sim a tudo e todos, é que conseguimos oferecer nossa contribuição máxima àquilo que realmente importa”.

Gravito entre o artigo e a edição das fotos, porém  uma premissa muito importante faz parte das duas tarefas: a minha capacidade de adaptação às novas exigências e experiências do mundo de hoje, através do mundo remoto e híbrido, que tem me permitido, ao ponto de ficar fascinada, um jogo de cintura para realizar distintas e ecléticas tarefas desde qualquer local.

Não muito tempo atrás achava que o estilo de vida remoto, distribuído, nômade e explorador não era valorizado no universo profissional onde atuo. E não só não era, mas existia uma incapacidade de compreender que fosse possível. As duas Cris, a aventureira e exploradora, e a  intelectual e profissional, mantiveram dois universos que não se conversavam em público. Tatuagens ocultas, unhas feitas para as fotos, e pouco conversar sobre trabalho na montanha e da montanha no trabalho. Falar de meditação em público? Jamais!

Pois então, o mundo mudou. O que vem sendo um estilo de vida desde sempre, hoje não só são universos que se conversam, mas que se procuram e precisam

Irei escrever sobre como o mundo remoto, distribuído e híbrido oferece oportunidades e opções aos profissionais de hoje em dia? Principalmente o poder de ESCOLHA. Ou meu artigo será sobre a necessidade intrínseca de desligar tudo para poder criar e inovar, como pensei inicialmente?

O covid-19 obrigou todo mundo a trabalhar de casa. A volta ao escritório obrigou as empresas a desenvolver estruturas híbridas (ainda nenhuma 100% dando certo!). Os anos 2020 e 2021 mudaram as perspectivas do mundo profissional, oferecendo o poder de escolha. Mostrando a importância do tempo em casa, do tempo na natureza, do tempo para si mesmo, e quanto isto favorece a inovação e produtividade. É só olhar os números da quantidade de profissionais se demitindo em vez de voltar ao trabalho que não permite optar por ficar em casa ou trabalhar em um sítio no meio do mato. Procure no Google, os números são astronômicos.

Decidi que meu artigo seriam dois convites:

  1. Primeiro, convido você a desligar todos os aparelhos eletrônicos e refletir sobre seu poder sobre suas preferências e priorizações.
  2. Segundo, convido você a realizar alguma atividade nada a ver com o que sempre faz, fazer uma trilha, ler um livro de ficção, fazer um curso de cozinha…  (por ex. Eu, logo de enviar o artigo, dedicarei meu tempo à edição das fotos! Pode procurar elas na minha conta de  Instagram  uma vez que tenha refletido no que pedi para você!) e observar quanto isto aumenta o foco e inovação na sua vida profissional.

São dois convites simples, porém, se aceitar, vai melhorar sua vida.

Você está no comando, desde qualquer local, a sua vida pertence a você!!!

Os autores dos artigos, vídeos e podcasts assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo de sua autoria. A opinião destes não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Instituto Dynamic Mindset.

 Comentários

Deixar um comentário

Cris Ljungmann

Cris Ljungmann

Cris é uma apaixonada pelo ser humano, com formação em Antropologia Social e uma forte ênfase nas áreas cultural e social. Incansável viajera pelo mundo, combina seus mais de 15 anos de experiência no ensino desenvolvimento humano, a uma fervente paixão pelo esporte aventura, meditação, arte e vida saudável. Ver perfil completo >>

Ver mais conteúdos
Ver mais conteúdos